Total – a sua
casa pronta

Do projeto à casa pronta, uma experiência única.
Projeto com a estética que você deseja.
Obra com a tranquilidade que você merece.
Casa com a qualidade e o conforto que você precisa.

É possível fazer uma casa como você gosta e sentir-se realizado. As dificuldades poderão ser superadas com o conhecimento e forma de trabalho de um arquiteto.

A sua casa pronta passa por 3 grandes fases, com questões e problemas específicos, e por isso pedem cuidados, que nem sempre são considerados:

  1. Projeto 
  2. Obra
  3. Pós-obra
    (âncoras para os itens abaixo)

1) Projeto

Qualquer arquiteto projeto uma casa.

Mas pode ser que o arquiteto tenha uma linha de projeto e encontre dificuldades em desenhar a sua casa, com a sua identidade.

A consequência disso é que poderá haver um desgaste entre você e o seu arquiteto, muitas revisões no projeto e um atraso no início da construção.

Isso acontece porque aqui o arquiteto precisa – mas às vezes não consegue – interpretar, de forma não verbal, os seus desejos simbólicos, estéticos, mentais e práticos, que vão além das necessidades que você consegue explicar.

É como pintar um quadro: não é só uma questão de conhecer a mistura das cores, mas também de se conectar com o cenário, além da forma.

2) Obra

Com o seu projeto pronto, você parte para começar a construir e se depara com situações que podem ir além do que você espera, como:

  • Serviços executados com erro ou fora da norma;
  • Alterações emergenciais no projeto;
  • Problemas de gerenciamento do sequenciamento de tarefas e da sobreposição de áreas (hidráulica com elétrica, por exemplo);
  • Situações estressantes envolvendo profissionais que atrasam, faltam e até desistem do serviço antes de entregá-lo.

Resultado: retrabalho, atrasos e gastos não esperados.

Isso acontece porque o cliente comumente acha que é muito simples construir, e na prática não é.

Ele não tem consciência de que precisará estar preparado para:

  • tomar decisões técnicas;
  • integrar mão de obra e fornecedores;
  • coordenar etapas;
  • gerenciar conflitos;
  • verificar qualidade;
  • corrigir não conformidades.

Veja o exemplo ao lado:

Vídeo: os 5 erros mais críticos de uma obra, e que passam despercebidos por leigos.

Vídeo: exemplo contando a situação onde o vizinho invadiu a obra do cliente, etc

3) O “pós-obra”

É a melhor parte: quando você passa a usar a casa nova!

Mas também é a parte onde os problemas são os piores. pois como a sua casa está pronta, os problemas aparecem somente quando você começa a usá-la.

E se você a construiu sozinho, precisará voltar a falar com mão de obra e fornecedores, para pedir que eles voltem e resolvam os problemas, o que muitas vezes não acontece.

Diferente de quando um arquiteto é contratado para gerenciar a obra: ele é obrigado por lei a dar garantia sobre ela, mesmo depois de terminada e entregue.

Exemplo (ao lado):

Nós seguimos as Normas de Construção de acordo com o Código de Defesa do Consumidor e também damos essa garantia contratualmente.

Clique aqui para conhecer as diferenças entre as nossas garantias contratuais e as do Código de Defesa do Consumidor

Converse com qualquer pessoa que já construiu a sua casa. Provavelmente ela vai dizer: “eu nem quero me lembrar dessa época!”.

Vídeo: Rogério contando a situação

Todo engenheiro e arquiteto é obrigado por lei a cumprir essa garantia – que varia entre 1 a 5 anos.

Entenda melhor os seus direitos no artigo:
“O que toda pessoa deve saber sobre o Código de Defesa do Consumidor antes de começar a construir”

Depoimentos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit dolor

Francisco Diegues

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit dolor

André Petroucique

Por que é "sempre assim"?

Isso ocorre porque na maioria das vezes os profissionais que gerem a sua obra:

  • Não estão focados em qualidade, e mais no preço.
  • Não analisam as especificações técnicas (sobrepõem a estética à técnica) – conheça aqui a importância de se conhecer as especificações técnicas.
  • Consideram no gerenciamento apenas o aspecto do controle da obra, e negligenciam a sua responsabilidade em resolver os problemas da mesma.

A consequência disso é que, além de tudo o que já falamos, você poderá ter uma casa com erros irreparáveis de construção, e com baixo valor comercial.

Exemplo: comprar um piso de uma marca por achar que ela é a melhor do mercado. Esse achismo das pessoas se dá pela “propaganda” realizada no mercado, e não pela realidade.

O gerenciamento da obra começa na loja de materiais de construção.

Você precisa conhecer as especificações técnicas necessárias para garantir a qualidade dos materiais e evitar problemas futuros.

Conheça os critérios para escolher um material de qualidade (moda, durabilidade, marca…)

VAMOS FAZER JUNTOS!

Mas todos esses problemas podem ser evitados ou resolvidos – e o melhor: sem que você precise parar tudo o que está fazendo.

Pensando em tudo isso, criamos o “Total – a sua casa pronta”.

Aqui você participará efetivamente da criação do seu projeto, e deixará o gerenciamento da obra por nossa conta.

Assim você terá um projeto que atende a todas as suas expectativas, e irá visitar a sua obra sem a ansiedade gerada pela possibilidade de chegar lá e ter problemas para resolver.

Estruturamos uma forma de trabalho organizada e exclusiva, que possibilita elaborarmos projetos com identidade e executarmos obras de qualidade, com a sua participação do início ao fim.

É o resultado de 300 casas de alto padrão projetadas e construídas desde 2003.

E no seu dia a dia, para esclarecimento de dúvidas ou informações adicionais, o atendimento é individualizado e feito pelo próprio Rogério Luciani 

Total a sua casa pronta: um Planejamento Criativo e Executivo

Conheça as fases que percorreremos juntos, desde as primeiras ideias até a entrega das chaves:

Sistema de Criação em Conjunto

Você participa efetivamente do processo de criação do seu projeto. Como?

Briefing criativo

… questionário que contém as ideias preliminares e me ajudará a sistematizar as informações para fundamentar o projeto, inspirar e alimentar as ideias norteadoras e as soluções criativas.

Estudo preliminar

… desenhos em planta baixa e maquetes ilustrativas para explicar o projeto da sua casa.

Condomínio – Prefeitura

… desenhos técnicos para a aprovação do projeto no condomínio e na prefeitura.

Executivo de Arquitetura

  • Estudo Preliminar: Implantação da casa no terreno, planta baixa e perspectivas externas com a sugestão dos materiais de acabamento.
  • Projeto Legal: Desenhos segundo as normas para as aprovações de Condomínio e de Prefeitura, emissão de RRT de autoria de projeto e de gestão de obra.
  • Projeto Executivo de Arquitetura: Planta Baixa de cada pavimento, planta de cobertura, 4 cortes, 4 fachadas, detalhamento das portas e das janelas, sugestão de piso e de revestimento, planta de forro e planta indicativa dos pontos elétricos e hidráulicos.
  • Visualização 3D.

Executivo de Interiores

  • Estudo Preliminar: Planta baixa com o layout de mobiliário, perspectivas dos principais ambientes (gourmet, cozinha e lavabo), sugestão dos materiais de acabamento.
  • Anteprojeto de Interiores: Perspectivas das áreas molhadas (gourmet, cozinha, área de serviço, lavabo e banheiros), especificação de todos os materiais de acabamento de piso e de parede.
  • Projeto Executivo de Interiores: Planta com paginação de revestimentos, desenhos de marcenaria das áreas molhadas, dos armários para as suítes, do home e do escritório, desenho das bancadas em pedra.
  • Visualização 3D.

Timeline: Criativo / Projetos

  • Levantamento planialtimétrico (7 dias úteis)
  • Brieffing criativo (7 dias úteis)
  • Estudo preliminar (20 dias úteis)
  • Anteprojeto Arq. (25 dias úteis)
  • Legal (10 dias úteis)
  • Executivo Arq. (20 dias úteis)
  • Anteprojeto Int. (20 dias úteis)
  • Executivo Int. (20 dias úteis)
  • Luminotécnico (20 dias úteis)
  • Sondagem do solo (7 dias úteis)
  • Engenharia (45 dias úteis)
  • Paisagismo (20 dias úteis)

Gerenciamento de Obra

Construindo com planejamento estratégico, organização, otimização de recursos, racionalização de custos e prazos. Como?

Engenharia

Projetos de cálculo estrutural, elétrico e hidráulico.

Seleção

Mão de obra e fornecedores homologados.

Orçamentação

Levantamento de custos, de forma sistematizada, de todos os recursos de mão de obra e de materiais.

Gestão

Planejamento da execução, coordenação das etapas, controle da qualidade e da quantidade de materiais.

Disponibilidade

Visita técnica diária à obra e assessoria na tomada de decisões.

Timeline

  • Engenharia (45 dias úteis)
  • Seleção (10 dias úteis)
  • Orçamentação (15 dias úteis)
  • Gestão (5 dias úteis)
  • Cronograma Reverso (5 dias úteis)
  • Início da obra
  • Prazos médios
    • Até 500m² (12 a 15 meses)
    • Até 700m² (15 a 18 meses)
    • Até 900m² (18 a 24 meses)
  • Entrega da obra